Trabalho, capital e formação da classe trabalhadora | Paulo Sergio Tumolo (Organizador), Neide de Almeida Lança Galvão Favaro, Klalter Bez Fontana, Ligia Maria Soufen Tumolo, Adir Valdemar Garcia, Cyntia de Oliveira e Silva

Trabalho, capital e formação da classe trabalhadora | Paulo Sergio Tumolo (Organizador), Neide de Almeida Lança Galvão Favaro, Klalter Bez Fontana, Ligia Maria Soufen Tumolo, Adir Valdemar Garcia, Cyntia de Oliveira e Silva

Os textos aqui presentes, de vários autores, foram publicados em diversos veículos e agora estão reunidos neste livro. Embora tratemde temas diferentes, há um fio que os une e lhes dá certa coesão. Inicialmente, o tema que se aborda é referente ao trabalho determinado pelo modo de produção capitalista, suas contradições e os desdobramentos daí decorrentes, como é caso do desemprego e da pobreza. Paralelamente, são tratadas questões concernentes à relação entre trabalho e educação e, por fim, aquelas relativas à formação político-sindical desenvolvida por organizações da classe trabalhadora

Continue lendo

Conquistando corações e mentes | Letícia Cristina Bizarro Barbosa

Conquistando corações e mentes | Letícia Cristina Bizarro Barbosa

Ao longo da minha atuação no campo de trabalho com projetos sociais internacionais e pesquisa com organizações sociais, vi que aspolíticas de cooperação internacional e o fomento dado pelas agências de assistência externa, como a USAID e a NED dos EUA, influenciam nas políticas públicas, nos projetos sociais e no direcionamento do senso comum, opinião pública no âmbito da sociedade civil organizada. Organizações que trabalham e influenciam a opinião pública e o comportamento político, projetos sociais, de desenvolvimento local, de direitos humanos ainda são pautados pela agenda internacional de agências governamentais de países centrais na economia mundial.

Continue lendo

Arte, ensino, utopia e revolução | Jair Diniz Miguel

Arte, ensino, utopia e revolução | Jair Diniz Miguel

A Modernidade é a transitoriedade,
a fugacidade, a contingência, a metade
da arte, em que a outra metade é a
eternidade e a imanência…

Charles Baudelaire

O estudo de períodos de transformações agudas, como épocas revolucionárias, requer focos que, muitas vezes, podem reduzir o alcance da pesquisa. Na área de história da arte, não é diferente. Os eventos que formaram a Revolução Russa são de grande interesse para os estudiosos da modernidade, tanto em termos críticos como apologéticos. Esse momento acabou por influenciar grande parte do que se fez posteriormente no século XX em diversos países, nas mais diversas áreas, marcando um contexto diferenciado de se ver e compreender o mundo.

Continue lendo

A Operação Zelotes e a venda do Grupo RBS︱Itamar Aguiar

A Operação Zelotes e a venda do Grupo RBS︱Itamar Aguiar

O trabalho tem por objetivo analisar a venda das empresas de comunicação do Grupo RBS em Santa Catarina pela família Sirotsky, maior conglomerado de comunicação do Sul do Brasil e dono de marcas como a RBS TV, afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Sul e no estado catarinense, proprietária de diversas emissoras de rádio, jornais e portais. E a compra pelos bilionários da Forbes, respectivamente, o “rei dos genéricos” do Grupo NC, o paulista Carlos Eduardo Sanchez, dono da farmacêutica EMS, e o “rei do acrílico” e suplente de senador pelo MDB (AM), o gaúcho Lírio Albino Parisotto, dono da empresa Videolar e do ramo de petroquímica a partir da Innova, um dos controladores da Usiminas e também acionista das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc).

Continue lendo

Duas estrelas e dois projetos de hegemonia | Eric Araujo Dias Coimbra

Duas estrelas e dois projetos de hegemonia | Eric Araujo Dias Coimbra

Esta obra a partir da teoria gramsciana, relacionando-os com a concepção analisou os conceitos de partido, hegemonia e socialismo teórica e a experiência prática do Partido dos Trabalhadores – PT (Brasil) e do Bloco de Esquerda – BE (Portugal), no contexto nacional e internacional. Não tivemos a pretensão de fazer uma análise historiográfica, até porque isso demandaria outra pesquisa. Elaboramos um breve histórico e uma rápida contextualização dos partidos, mas focamos a pesquisa em alguns aspectos da história recente do PT e do BE, fundamentalmente as últimas convenções, campanhas e compromissos políticos assumidos nacional e internacionalmente.

Continue lendo

Marx e Engels… notas introdutórias para além d’O capital | Deise L. da Silva Ferraz e Janaynna de Moura Ferraz (Org.)

Marx e Engels… notas introdutórias para além d’O capital | Deise L. da Silva Ferraz e Janaynna de Moura Ferraz (Org.)

O título Marx e Engels… notas introdutórias para além d’O capital quer dizer exatamente o que diz: neste livro encontramos textos que procuram apresentar e refletir sobre algumas obras da dupla de pensadores, intelectuais e cientistas mais perseguida da história recente, mas entre elas não se encontra a obra O capital; pois objetivamos discutir e divulgar as ideias desses dois pensadores que se colocaram em luta não apenas contra as relações sociais exploratórias, mas também contra relações sociais de opressão. Aqueles e aquelas que buscam compreender o pensamento dos autores pelos escritos dos próprios autores percebem que a luta é por uma revolução, uma alteração qualitativa nas relações sociais, e a produção de condições materiais concretas para o autodesenvolvimento humano – afinal, o desenvolvimento pleno das capacidades individuais somente pode se efetivar em uma sociedade realmente emancipada.

Continue lendo

As transfigurações da educação na teoria de Florestan Fernandes: escola e socialização política na formulação estratégica da revolução socialista – Ricardo Scopel Velho

As transfigurações da educação na teoria de Florestan Fernandes| Ricardo Scopel Velho

Vive-se num tempo histórico nebuloso. A perspectiva da classe trabalhadora em luta pela sua emancipação parece se esvaziar diantedas ilusões com o mercado e do crescente individualismo. Uma onda conservadora tomou as ruas do Brasil ao afirmar que o culpado pelas mazelas sociais é o governo e não as relações sociais de produção capitalistas.

Continue lendo

Juventude pobre e escolarização: trabalho, cultura e perspectivas de futuro nos territórios do maciço do Morro da Cruz – Florianópolis / Luciana Pedrosa Marcassa, Soraya Franzoni Conde, Sandra Luciana Dalmagro, organização

Juventude pobre e escolarização: trabalho, cultura e perspectivas de futuro nos territórios do maciço do Morro da Cruz – Florianópolis | Luciana Pedrosa Marcassa, Soraya Franzoni Conde, Sandra Luciana Dalmagro, organização.

A publicação que ora apresentamos é resultado de uma pesquisa coletiva desenvolvida pelo Núcleo de Estudos sobre as Transformações no Mundo do Trabalho (TMT) durante o período de 2014 a 2017. Os cinco projetos, articulados e coordenados por cinco professoras pesquisadoras do TMT, são: 1) Juventude pobre e escolarização: relações com a escola, o trabalho e a cultura em territórios de precariedade social, coordenado pela professora Luciana Pedrosa Marcassa; 2) A relação entre a escola, a cultura e a exploração do trabalho infanto-juvenil em territórios de precariedade de Santa Catarina, coordenado pela professora Soraya Franzoni Conde; 3) Estudo correlacional entre Brasil e Espanha sobre juventude, escolarização e desemprego diante da crise estrutural do capital, coordenado pela professora Adriana D’Agostini; 4) Migração e escolarização: a realidade de jovens estudantes e trabalhadores, coordenado pela professora Célia Regina Vendramini; e 5) Conteúdo e forma escolar em tempos de luta social e de formação para o trabalho abstrato, coordenado pela professora Sandra Luciana Dalmagro.

Continue lendo

TRABALHO E CAPITAL NA VIRADA DO MILÊNIO – Paulo Sergio Tumolo

TRABALHO E CAPITAL NA VIRADA DO MILÊNIO – Paulo Sergio Tumolo

Os textos deste livro compõem dois blocos de assuntos, unidos por um elo que os interliga: a relação entre capital e trabalho na virada do milênio. No primeiro bloco, calçado no referencial do materialismo histórico, o autor busca compreender algumas características concernentes à conformação do capitalismo no período contemporâneo, principalmente por meio da abordagem da relação entre os chamados centro e periferia do sistema. No segundo, são apresentados os resultados de pesquisas sobre duas experiências da classe trabalhadora, ou melhor, sobre as trajetórias histórico-políticas de duas centrais sindicais mais expressivas de seus respectivos países, a Central Única dos Trabalhadores (CUT) do Brasil e as Comisiones Obreras (CCOO) da Espanha.
Continue lendo

A CARTA ABERTA DE E. P. THOMPSON A L. KOLAKOWSKI E OUTROS ENSAIOS – Ricardo Gaspar Müller e Mario Duayer (Org.)

A CARTA ABERTA DE E. P. THOMPSON A L. KOLAKOWSKI E OUTROS ENSAIOS – Ricardo Gaspar Müller e Mario Duayer (Org.)
Este volume apresenta traduções originais para o português da “Carta aberta de E. P. Thompson a Leszek Kolakowski”, de 1973, e da resposta de L. Kolakowski a E. P. Thompson, de 1974, ambas publicadas no periódico inglês Socialist Register. O livro procura oferecer o contexto histórico dos argumentos discutidos nesses artigos e valorizar seu significado por meio de ensaios que analisam a importância e a atualidade teórica e política desse debate.
Continue lendo